quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Declaração de Amor

É oficial. Estou apaixonada por você. Muitas pessoas me avisaram disso, mas eu não quis acreditar. Não me lembro quando tudo exatamente começou, mas a sensação do descobrimento é atordoante. Há alguns anos alguém me disse que nada existia sem você, eu não acreditei, falou ainda que em algum momento da vida eu só falaria sobre você, respiraria você, dormiria com você e acordaria todos os dias com você na cebeça. Sem dar importância a premonições fui vivendo e entrelaçando minha vida a você.
Foram milhares de dias ao seu lado, vivendo bons momentos e dias dolorosos. Por sua causa conheci pessoas que hoje são basilares para minha felicidade, por você fui a lugares e fiz renúncias, as primeiras de muitas que estão por vir.
Passei muitas noites ao seu lado, amanheci muitos dias com você. Não posso negar que nem todos os momentos foram felizes. Você me decepcionou diversas vezes, quase me fez desistir na maioria delas, me fez chorar e sofrer, mas eu tenho aquela velha teoria de que amores fáceis não valem a pena.
Você me fez querer ser melhor, me fez querer aprender tudo sobre você para acompanhar sua grandeza. Muitas vezes discordei de você, e essa foi uma das partes mais difíceis, seu discurso de vez em quando é incoerente. Eu ainda me sinto intimidada na sua presença e tenho a plena certeza que nunca saberei tudo sobre você.
Das coisas importantes que tenho a lhe dizer hoje a principal delas é que não posso garantir fidelidade. Sou volúvel e me apaixono por tantas outras coisas ao mesmo tempo. Além do mais você sempre terá tantas outras garotas aos seus pés...Só posso garantir que vou continuar te amando até nos dias que te odeio.
Não posso prever quanto tempo ficaremos juntos, só posso garantir que serão muitos anos pela frente e espero poder enfrentar os dias ruins com o mesmo amor que lhe dedico nos dias bons. Nossa relação será mais séria que qualquer casamento, é mais como um sacerdócio.
Hoje especialmente me sinto meio enfeitiçada por você, espero que essa sensação dure muito tempo. Garanto a você que nos próximos anos vou tentar retribuir tudo que você me deu, vou tentar fazer valer tudo que você proclama, vou tentar não decepcioná-lo, vou tentar acompanhar sua grandeza sem ambições, mas porque ainda acredito muito em você. Se só chamá-lo de amor não bastar as outras pessoas, vou chamá-lo pelos outros nomes em que você pode ser reconhecido: Direito, Justiça, Jurisdição, Verdade, Beleza, Vida!


p.s.: Dedico este texto as amigas e amigos que sentem-se um pouquinho enamorados pelo Direito, mesmo que só de vez em quando. Dedico a quem vive dia após dia estudando na esperança que leis sejam mais que leis e que a idéia de que não há sociedade sem justiça prevaleça. Dedico a todos que ainda têm "fé no homem, fé na vida e fé no que virá"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário